InícioGuardas MunicipaisRIO CLARO – Prefeito ‘corre’ para que a Guarda Civil não seja desarmada

RIO CLARO – Prefeito ‘corre’ para que a Guarda Civil não seja desarmada

Iniciou tramitação de urgência, na Câmara Municipal, um projeto de lei de autoria do prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) para alterar a legislação e permitir a nomeação de um novo ouvidor-geral na Guarda Civil Municipal.

A Polícia Federal notificou o chefe do Poder Executivo a apresentar em até 30 dias a portaria de nomeação de um novo ouvidor sob risco de o convênio com a corporação ser suspenso e ocorrer um possível desarmamento dos guardas de Rio Claro.

A proposta de lei altera a Lei Complementar 57/2014 e, se aprovada pelos vereadores, possibilitará a nomeação de um servidor de carreira ao cargo em questão. No mês de fevereiro deste ano, a atual gestão exonerou o então ouvidor-geral que saiu do posto antes do prazo de quatro anos de mandato, previstos em lei, o que gerou incômodo e polêmica nos bastidores do poder público, inclusive com insatisfação na própria Casa de Leis.

Fonte: JORNAL DA CIDADE

  • 10 de junho de 2021