A FENAGUARDAS não para de trabalhar na defesa dos direitos dos mais de 130.000 homens e mulheres Guardas Municipais de Brasil.

 

Além de trabalhar na articulação do PL 3723/19, que colocará fim na restrição populacional que impede que muitas Guardas Municipais tenham direito de se armar, garantirá o porte de arma em âmbito nacional e a possibilidade de usar armamentos de calibre restrito, que até hoje permitido somente aos demais agentes de segurança pública, ao mesmo tempo a Federação continua o trabalho na defesa do direito da aposentadoria policial no Senado Federal.

No centro Senador Randolfe Rodrigues, ao lado direito Evandro Fucitalo, diretor FENAGUARDAS

Nesta semana os diretores da FENAGUARDAS protocolaram dezenas de ofícios e mantiveram reuniões com Senadores da República sensibilizando sobre grande a injustiça cometida contra os trabalhadores das Guardas Municipais na Câmara dos Deputados.

Do lado esq. Evandro Fucitalo diretor da FENAGUARDAS, ao centro Senador Major Olímpio.

 

A Diretoria não poupará esforços para defender os profissionais das Guardas Municipais.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES